Fique Conectado

NOTÍCIAS


29 de Novembro de 2018

Com dívida de R$ 675 milhões, livraria Saraiva pede recuperação judicial

A rede de livrarias Saraiva, maior do país, entrou com pedido de recuperação judicial nesta sexta-feira após não conseguir acordo com fornecedores para renegociação de dívidas, que somam R$ 675 milhões. Fundada há 104 anos, a Saraiva tem operações em 17 estados do país. Além dela, a livraria Cultura também está em processo de recuperação judicial. As informações são do Globo.

A rede de livrarias Saraiva, maior do país, entrou com pedido de recuperação judicial nesta sexta-feira após não conseguir acordo com fornecedores para renegociação de dívidas, que somam R$ 675 milhões. Fundada há 104 anos, a Saraiva tem operações em 17 estados do país. Além dela, a livraria Cultura também está em processo de recuperação judicial. As informações são do Globo.

O pedido da Saraiva foi protolocado na 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central da Comarca de São Paulo. A empresa afirmou em comunicado ao mercado que “a recuperação judicial não altera, de forma alguma, o funcionamento da (área de) varejo, que segue, na data de hoje, com 85 lojas físicas em todo o Brasil e com sua operação de comércio eletrônico”.

A companhia acumula de janeiro ao final de setembro prejuízo líquido de R$ 103 milhões , mais que o dobro em relação ao resultado negativo de R$ 50 milhões de um ano antes. A Saraiva informou que ‘tem tomado diversas medidas para readequar seu negócio a uma nova realidade de mercado, com quedas constantes no preço do livro e aumento da inflação”. Mas a estratégia não impediu que a empresa buscasse proteção na Justiça contra credores.

No início deste ano, a rede propôs aos fornecedores a negociação de seu passivo, mas sem sucesso. Por isso, a empresa avaliou “que a apresentação do pedido de recuperação judicial seria a medida mais adequada nesse momento, no contexto da crise no mercado editorial, reflexo do atual cenário econômico do país”.

O objetivo é “proteger o caixa, fazendo com que a empresa retome sua estabilidade e, posteriormente, seu crescimento econômico, bem como garantir a preservação da continuidade de sua operação nas lojas físicas e e-commerce”.


Fonte: rotajuridica




Onde estamos?

Rua 104, N.03, Setor Sul
Goiânia - GO
Telefone: (62) 3942-5000
Celular: (62) 98409-1667 / (62) 99975-3888
josserrand@jmvadvogados.com

Fique Conectado

   
© 2014 Josserrand Massimo Volpon Advogados Associados. Todos os direitos reservados.
Produção